Não se pode esquecer a maldição de Deus. quando Moisés quebrou as táboas de pedra ao ver o povo adorando o boi apis. --- "encobrirei a minha face"


Quando Moisés rogou que não destruisse o povo, Deus em troca fez uma maldição.


Se você pensa que a maldição de Deus não tem sentido hoje, os Adventistas acabaram de trocar o Deus Único dos Patriarcas da Bíblia, por uma versão que acaba com a sobrerania de Deus no Universo !!! (1980)

 
DICIONÀRIO: "Soberania"


Primazia; superioridade de categoria; expressão de excelência em relação aos demais: soberania qualidade da pessoa que exerce seu poder de modo extremo; característica de quem expressa uma autoridade suprema: a soberania de um juiz.Domínio; poder superior em relação aos demais que deriva de uma posição de autoridade.



Os pastores escondem uma Verdade estarrecedora sobre o Novo Testamento:

Não há originais, e são milhares de manuscritos com todo tipo de alterações.

Dá para ter alguma certeza diante de um quadro desses ?

O Velho Testamento, em grande parte é a história do povo judeu, e eles trataram de preservar.

Mas, o Novo Testamento foi encontrado nos conventos da Igreja Católica !!!



 



 

"Segundo, temos mais de 5.000 manuscritos gregos do Novo Testamento e, quando os comparamos, encontramos em muitos casos adições, exclusões e outros tipos de alterações. Chamamos essas leituras variantes."

https://adventistbiblicalresearch.org/materials/bible-nt-texts/1-john-57

 


 


 
Essa revelação estarrecedora é do ex-Diretor do Instituto Bíblico da Conferência Geral,

Ennis Meier sabia dessa insegurança, mesmo antes de se batizar na igreja Adventista em 1947 e é rigorosamente verdadeira.

Antes de escrever o artigo a seguir, eu queria fazer uma pergunta:

Qual a Bíblia que você acredita ? ---- A Bíbila dos Adventistas, originalmente aprovada pelo Presidente Roberto Folkenberg ???    "THE CLEAR WORD"

Hoje negam responsabilidade da administração !!!


Essa Bíblia tem "Inserts" de Ellen White dentro do texto bíblico. (não na margem)

(Ennis Meier tem um original)


Outra pergunta: Você conhece algum INTERLINEAR GREGO que compare a sua lingua com um original escrito pelos apóstolos ??
?

Original mesmo, manuscrito pelos Apóstolos ???

Os apóstolos, com excessão de Lucas que era médico, eram pescadores que provavelmente nunca foram à Grécia a 1500 KM da Palestina, você acha que teriam condições de escrever um LIVRO em Grego ???




Tem Adventista que não acredita que o homem foi à lua, e acredita que os apóstolos foram fazer um curso de grego na Grécia, para escrever os Evangélhos. !!! (15 dias de barco da Palestina)


Ennis Meier acredita que a Bíblia é a Palavra de Deus, mas aguarde para tirar as suas conclusões !!!


(segue)

 


   Ennis Meier

 


    O PAI  DA TRINDADE NA IGREJA ADVENTISTA

   As Pesquisas de LeRoy E. Froom Fora da Igreja

      LeRoy E. Froom

 "Não existiam prévias pegadas em nossos livros e literatura. Eu fui obrigado a pesquisar em livros fóra da nossa fé. Em vista disso,  ......alguns desses homens tinham pontos de vista mais profundos das coisas espirituais de Deus, que muitos dos nossos próprios homens tinham sobre o Espírito Santo e a vida triunfante."  Movement of Destiny page 322 LeRoy E. Froom
 


 

           


Tradução:

 

“Aqui posso fazer uma confissão pessoal e franca. Quando em 1926 e 1928 me foi pedido pelos líderes para dar uma série de estudos sobre o Espírito Santo ... nos institutos ministeriais cobrindo a União Norte Americana de 1928, fora uns vestígios inestimáveis no Espírito de Profecia, eu não encontrei praticamente nada desse fantástico ramo de estudo da Bíblia. Não existiam prévias pegadas em nossos livros e literatura. Eu fui obrigado a pesquisar em livros fora da nossa fé. Em vista disso,  ......alguns desses homens tinham pontos de vista mais profundos das coisas espirituais de Deus, que muitos dos nossos próprios homens tinham então sobre o Espírito Santo e a vida triunfante.”

 

Se a doutrina da trindade é bíblica, porque ir buscar esta verdade em autores de outras denominações?

 

Desta forma poderíamos afirmar sem medo de errar que LeRoy E.Froom é o pai da doutrina da trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia. Ele mesmo é quem admite que seus estudos trinitarianos causaram muita oposição por parte dos obreiros mais antigos, mas gradativamente passaram a ser aceitos:

 

“Permita-me declarar que meu livro "A vinda do Consolador" foi o resultado de uma série de estudos que eu dei em 1927 e 1928 nos institutos ministeriais através da América do Norte. Você não imagina como eu fui atacado por alguns mais antigos, porque eu insisti na personalidade do Espírito Santo como uma terceira pessoa da divindade. Alguns homens negaram isto, continuam negando, mas o livro foi gradualmente sendo aceito como padrão.”

Carta de LeRoy E. Froom – 27 de Outubro de 1960

 

 


 


  
Ennis Meier, não encontrou uma referência na Internet e foi procurar o livro. --- Foi lendo o livro que encontrou a origem da doutrina Adventista.

O
autor LeRoy E. Froom e especialmente o título "A Vinda do Consolador" do mesmo autor, são leituras obrigatórias pelos pastores adventistas nos Estados Unidos, a todos que tem dúvidas sobre a Trindade.

 Ennis, queria conhecer os argumentos desse autor. --- Na falta de argumentos bíblicos o autor usa o texto onde repete 3 vezes, SANTO, SANTO, SANTO, para provar a Trindade.


 


"E clamavam uns aos outros, dizendo; Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exercitos; toda terra está cheia da sua Gloria." --- Isaias 6:3

 





I João 5:6 e 7 comprovadamente FALSO até pelo "Bible Institute" da GC.


https://adventistbiblicalresearch.org/materials/bible-nt-texts/1-john-57


 

 

 

Entendo que nem todos os 1 João 5: 7 foram originalmente escritos por João. Como pode ser?

De fato, sua pergunta é sobre a natureza e o objetivo da crítica textual *, que por acaso é um assunto complexo e difícil. Deixe-me citar a passagem da língua original, entre colchetes a seção que não é original: "[versículo 7] Porque há três que testificam [no céu, o Pai, a Palavra e o Espírito Santo: e esses três são um ( versículo 8). E há três que dão testemunho na terra], o Espírito, a água e o sangue; e os três concordam. "

A crítica textual é uma tentativa de diferenciar entre as diferentes variantes textuais ou leituras do texto bíblico, a fim de identificar o que provavelmente foi a leitura original. Confuso? Deixe-me explicar.

Primeiro, a crítica textual se baseia no fato de não termos os documentos originais escritos pelos escritores bíblicos. Por exemplo, não temos o livro de Atos, pois ele veio das mãos de Lucas, apenas cópias dele.

Segundo, temos mais de 5.000 manuscritos gregos do Novo Testamento e, quando os comparamos, encontramos em muitos casos adições, exclusões e outros tipos de alterações. Chamamos essas leituras variantes.

A crítica textual analisa essas diferenças para determinar quais foram as adições ou modificações posteriores feitas no original, bem como os possíveis motivos para as mudanças. A maioria das mudanças foram acidentais, mas algumas foram feitas intencionalmente, supostamente para esclarecer o significado do texto original.

Como os estudiosos determinam a leitura original de uma passagem bíblica? Eles usam três linhas de evidência: os manuscritos gregos, as citações do Novo Testamento nos primeiros escritos cristãos e as primeiras traduções da Bíblia (por exemplo, latim, siríaco, etc.). O processo leva em consideração, entre outras coisas, a data e a qualidade interna do manuscrito, pressupondo que uma data muito precoce possa preservar uma leitura mais original. Geralmente, a leitura mais difícil é considerada original, porque os escribas tendem a ser adicionados ao texto para "esclarecê-lo".

Consequentemente, uma leitura mais curta tende a ser preferida a uma mais longa - embora em alguns casos os escribas tenham pulado acidentalmente palavras ou frases, e em outros casos eles deixaram cair partes dos versos que consideravam irrelevantes ou repetitivas. Às vezes, substituíam palavras incomuns por outras mais comuns, suavizavam construções gramaticais e tornavam o texto mais fácil de ler.

Os críticos do texto também levam em consideração a própria escritura como critério na seleção da leitura original. No contexto de todo o livro bíblico, o que o escritor provavelmente teria escrito, considerando o vocabulário, o estilo e o contexto?

Há um consenso geral de que as variantes textuais não afetam nenhuma das doutrinas bíblicas.

No caso que você cita, sabemos muito bem o que aconteceu. A seção entre colchetes aparece pela primeira vez em manuscritos da versão latina somente após 600 dC. Ela não é encontrada nos manuscritos gregos até 1400 dC. A partir de então, segundo os especialistas, é encontrada em quatro manuscritos gregos como uma tradução de o latim e inserido no texto grego. A adição não foi encontrada em nenhuma das outras versões antigas.

Como se tornou parte do texto grego? Aqui está "o resto da história".

Quando Erasmus publicou sua versão do Novo Testamento Grego, ele deixou de fora as adições a 1 João 5: 7 de suas duas primeiras edições (1516, 1519), argumentando que ele não conseguia encontrar essas palavras em nenhum manuscrito grego. Pressionado por alguns a incluir essa adição ao texto grego, Erasmus propôs que, se pudessem mostrar a ele um único manuscrito grego no qual a adição foi encontrada, ele o incluiria em sua próxima edição.

Certamente, eles criaram um manuscrito grego no qual o acréscimo foi encontrado, um estudioso acredita que foi datado do século XVI dC, traduzido do latim para o grego e adicionado ao texto grego. Erasmus posteriormente o incluiu em sua edição de 1522 do Novo Testamento Grego.

A Trindade é uma doutrina bíblica, e você pode pregar sobre isso. Mas você não deve usar este texto.

 

* Nesse contexto, a palavra "crítica" significa "análise".

 


 

 




Professor de História da Igreja Adventista na Andrews University, conta em seu livro como manipularam os livros da igreja.


George R. Night


Acompanhe a nossa tradução:
Página 152:

"
...especialmente durante os anos de 1940."
 
"
Esta década por exemplo, testemunhamos o esforço por parte de alguns em "limpar" e consertar a literatura e as publicações Adventistas. Três áreas ilustram essa tendência.
A primeira preocupação era a Trindade.  Como mostramos nos prévios capítulos, os Pioneiros Adventistas eram em grande parte anti-Trinitarianos e semi-arians."


(
pág.155
)
"A segunda importante iniciativa para "limpar" a literatura Adventista, de forma a mostrar a denominação mais ortodoxa, teve a ver com a natureza humana de Cristo." (assunto diretamente ligado à doutrina da trindade)





Os marcos antigos foram removidos !

Nós devemos melhor desacreditar o deus do domingo, [a Trindade] que veio da mesma fonte dos guardadores do domingo.
Review and Herald, Feb.28, 1854, The Sunday God, p. 50.   (Principal Revista Adventista)


"Mas eceitar a doutrina da Trindade não é tanto uma evidência do mal, como uma intoxicação pelo vinho com que as nações tem se embriagado. O fato que esta é uma das principais doutrinas, senão a principal pela qual o Bispo de Roma foi exaltado ao papado, não diz muito em seu favor.  Isso, deveria fazer com que o homem investiga-se por sí mesmo; como quando os espíritos malignos fazem milagres advogando a imortalidade da alma. .... Creiamos em tudo o que foi revelado e nada além disso." 
Review and Herald, July 6, 1869. (principal Revista Adventista americana)

 

Nenhum alfinete deve ser removido no que o Senhor estabeleceu.
Nós encontrariamos segurança em menos do que o Senhor nos tem dado nesses últimos cinqüenta anos? 
Ellen White -- Review and Herald, May 5. 1905













  Basta ler o título do artigo, quem é o autor e os 4 primeiros parágrafos !



... para entender porque me afastei da igreja que muda sua doutrina como um camaleão !!!  (revista só para pastores)
 


Batizado em 1947 vê razão suficiente para se afastar da igreja que adotou tudo que criticava. --- Era uma outra igreja, só não mudou de nome.  --- absolutamente, não signifca abandonar a fé.
 

















  Se o Espírito Santo é uma pessoa igual e separada de Deus, então por que não, aos 7 Espíritos de Deus referidos em Apocalipse 4:5  ???  --- Teriamos um panteão semelhante ao paganismo grego/egipcio de 10 deuses !!!  


"Espirito Santo" só aparece no Novo Testamento e não aparece no Apocalipse.

Razão dos Pioneiros Adventistas acreditarem que o "Espírito Santo", era o nome dado ao Espírito de Deus dedicado à redenção do homem, assim como aparece no Gênesis o Espírito de Deus dedicado a criação do mundo
.

 




William C. White

William White, mais de 30 anos acompanhando a mãe como secretário particular, confessa que nunca entendeu os ensinamentos da mãe com relação à personalidade do Espírito Santo.

Ao cotrário do que Willie atribue, da confusão estar em sua cabeça, a mãe era sempre ambígua nas afirmações que ela não tinha certeza.

No caso do Dr. Kelloggs, que em carta saiu em defesa da Trindade, é impossível saber contra quem Ellen White estava brigando, dando a oportunidade do Centro White inventar uma crise que nunca existiu, do seu apôio ao panteismo.

William White que só morreu em 1937, sobreviveu a geração dos Pioneiros da Igreja Adventistas, e o seu Testemunho contra a Pessoa do Espírito Santo, contradiz toda a teologia Adventista.
 

 

   Morreu em 1937 e trabalhou no White State até o dia anterior à sua morte.





 Carta escrita pelo filho de Ellen White é o enterro da teologia Adventista.


(veja a tradução abatxo)

copiada do original nos arquivos da Conferência Geral por Ennis Meier. ( 2 horas folheando cópias carbono de cartas)


Trata-se de uma cópia carbono em papel vegetal muito fino. Com alguma dificuldade pode-se ler. --- a assinatura é real.

 





                           
  
Tese de doutorado da Andrews University que defende o filho de Ellen White, que foi secretário particular da profetiza por mais de 30 anos, como a maior autoridade para interpretar seus escritos.


                           


 

 

30 de Abril de 1935

 

Pastor H. W. Carr
164 Saxton Street
Lookport, New York.
 

Caro Irmão Carr:

Tenho em minhas mãos sua carta de 24 de Janeiro. Por alguns meses, tenho estado tão pressionado com o trabalho relacionado aos manuscritos que estamos preparando para imprimir, que minha correspondência teve que esperar.

Em sua carta, você me pede para contar o que entendo ser a posição de minha mãe em relação à personalidade do Espírito Santo.

Isso eu não posso fazer porque eu nunca entendi claramente seus ensinos sobre esse assunto. Sempre houve em minha mente alguma confusão a respeito do significado das expressões dela que, para a minha forma de raciocinar, parecem ser um pouco confusas.

Freqüentemente tenho lamentado não possuir a capacidade mental que poderia resolver esta e outras perplexidades semelhantes, e então, relembrando o que a irmã White escreveu nos "Atos dos Apóstolos", págs. 51 e 52 a "respeito dos mistérios que são muito profundos para a compreensão humana, o silêncio é ouro". Tenho achado melhor me refrear desta discussão e me esforçar para dirigir minha mente a assuntos fáceis de serem compreendidos.

Enquanto eu lia a Bíblia, eu encontrei que o Salvador ressurreto soprou nos discípulos (João 20:22) e disse a eles "Recebei o Espírito Santo". O conceito gerado através deste texto das Escrituras parece estar em harmonia com a declaração do "Desejado de Todas as Nações", pag. 669, também Gênesis 1:2; com Lucas 1:4; com Atos 2:4; 4:12; 8:15; 10:44. Muitos outros textos poderiam ser citados e que parecem estar em harmonia com esta declaração do "Desejado de Todas as Nações".

As declarações e os argumentos de alguns dos nossos ministros em seu esforço para provar que o Espírito Santo era um indivíduo como é Deus,   o Pai e Cristo, o eterno Filho, têm me deixado perplexo e algumas vezes eles me tem entristecido. Um mestre popular disse: "Podemos considerá-Lo (O Espírito Santo) como o companheiro que está aqui embaixo fazendo as coisas acontecerem."

Minhas perplexidades foram minimizadas quando aprendi, no dicionário, que um dos significados de "personalidade" era

 

 

 

                       

 

 

 

características. Isto está declarado de tal forma que eu concluí que pode haver personalidade sem uma forma corpórea a qual o Pai e o Filho possuem.

Há muitos textos das Escrituras que falam do Pai e do Filho e a falta de textos que fazem referência similar ao trabalho unido do Pai e o Espírito Santo ou Cristo e o Espírito Santo me tem feito acreditar que o espírito sem individualidade era o representante do Pai e do Filho através do universo, e vem sendo através do Espírito Santo que eles habitam em nossos corações e nos fazem um com o Pai e com o Filho.

Minha resposta para a segunda pergunta "Em algum lugar, os escritos da Irmã White ensinam que a oração deve ser dirigida unicamente ao Pai, ou que nós não nos devemos dirigir a Cristo em oração, somente ao Pai", eu penso que não. Eu não encontrei este ensino nos escritos de Ellen White.

Sua terceira pergunta "Ela, em algum lugar, diz qual é o poder que "armará as tendas do seu palácio entre o mar grande e o glorioso monte santo". Devo responder da mesma forma. Acho que não. Não encontramos nenhuma declaração sobre isso nos escritos da irmã White nem nos lembramos de nenhuma declaração feita verbalmente em nossa presença.

Junto com essa breve carta você encontrará nosso periódico (News Letter) de 4 de Abril.

Eu oro para que voce possa receber ajuda dos céus no estudo daquilo que é necessário saber e paciência para esperar por uma revelação a respeito daquilo que hoje é incerto para nós.

Saudações Cordiais do seu irmão.

 


Willie, que foi secretário particular da sua mãe por mais de 30 anos, encontrava-se confuso devido as constantes mudanças de pensamento da mãe, mas orava por revelação do céu e paciência em favor dos que não entendem os ensinamentos da sua mãe. --- o caso de uma profetiza precisando de "revelação extra do céu" para ser entendida.

 















Teologia do "vale tudo para sustentar os erros da doutrina Adventista".


"doutor em divindade" da Andrews University para sustentar "três pessoas co-eternas"  escreve na Revista Adventista (Adventist Review 22 Abril 1999) que Jesus não morreu.


Morreu o corpo mas no céu havia um Jesus vivo, sofrendo e observando tudo.  --- doutrina espírita.

O artigo é escrito por um dos três autores do Livro A TRINDADE.
 



 



A teologia da Igreja Católica não tenta explicar nada sobre a Trindade:  "Mistérios da Santíssima Trindade e Ponto Final."

Já a Trindade Adventista, entra em detalhes e se machuca toda !!!


"FILHO" tem que inventar uma explicação que não está nas escrituras: Título Messiânico.


O Espírito Santo não reconhecer o sacrifício de Cristo, não perdoando pecados, cria um paradoxo, que os 3 tenham um só propósito.
 
"Co-eterno", só mesmo negando que Jesus morreu.

"Três Pessoas em um só Deus
"  --- mais parece argumento de vendedor de produtos de limpeza.

"Revelação Progressiva" ---
inadmissível crer que os Adventistas só depois de mais de 100 anos descobriram quem era o Deus que adoravam. --- mentiam que era a única igreja verdadeira.
 


 

  1. Como no Israel antigo, fizeram um altar a Baal dentro do templo de Deus !!!



    Uma "doutrina de demônios" se tornou Deus para os Adventistas !!!





  2. R.F. COTRELL era o Diretor da Escola Sabatina, da Conferência Geral dos Adventistas do Sétimo-Dia.


    Cotrell, escreveu na Revista Adventista de Julho de 1869 que a doutrina da Trindade era UMA DOUTRINA DE DEMÔNIOS  !!!


    Ellen White, ou qualquer dos pioneiros teria contestado, porém isso era o que criam os Adventistas de forma unânime.



                   





    Tradução:

    "Sustentar a doutrina da Trindade, não é mais que uma evidência da intoxicação pelo vinho que todas as nações beberam.
    O fato dessa ser uma das principais doutrinas, senão a principal, pela qual o bispo de Roma foi exaltado ao papado, não recomenda muito em seu favor.
    Isto deveria fazer alguém investigar por sí mesmo, como quando os demônios fazem milagres para provar a imortalidade da alma.
    Se eu nunca duvidei antes, [da procedência diabólica da doutrina da Trindade] agora eu tenho que provar até o fundo, por essa palavra, que o espiritismo moderno não prova nada.
    ,

    R.F.Cottrell  --- Advent Review 6 de Julho de 1869


        

    Nota: O que nos parece terminar com uma reticência, não permitiu traduzir a última linha com certeza e fazendo sentido, porém o artigo é longo e vamos reproduzi-lo na integra nos próximos dias.--- a revista Adventista ao longo dos anos teve vários nomes.
    As cópias são de originais, tiradas por Ennis Meier na séde da Conferência Geral, em Silver Spring. Maryland.





                               

                                          





                                             


    "Filho de Deus", um título messiânico. --- quem inventou, pois isso não está na Bíblia ?




    Êxodo 20:1 que é a assinatura da Lei de Deus, indentifica claramente o Autor como sendo uma única pessoa, proibindo ter outro Deus.

     

 










                                           





O inimigo começou a semear a Trindade num folheto de 1892

         

A primeira literatura Adventista que faz referência à doutrina da Trindade, transcreve um artigo de Samuel Spear.

Essa afirmação encontra-se no Livro "A Trindade", da autoria de 3 professores da Andrews University, e traduzido pela CPB.
 


        


Cópia do folheto original feita por Ennis Meier na séde da Conferência Geral em Silver Spring, Marlland.





Maliciosamente, os ilustres autores do Livro "A Trindade" omitem o fato que Samuel Spear era um Bispo Episcopal do Brooklin. (suburbio de New York)




Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, ou simplesmente EPISCOPAL nos Estados Unidos.

A Igreja Episcopal é formada pelo conjunto de igrejas protestantes de governo episcopal em comunhão com a Igreja da Inglaterra e por igrejas que não fazem parte da Comunhão Anglicana, mas se orientem no "ethos anglicano", também conhecida como anglicana. O movimento como um todo é conhecido como episcopalismo ou, imprecisamente, como anglicanismo. Wikipedia


Doutrina da Igreja Episcopal:


Os artigos do Bispo Episcopal, Samuel Spear, tinham transito livre nas revistas Adventistas, por ele defender a separação do Estado e da Igreja.

Ennis Meier tem copiado o folheto inteiro, e a Trindade que o Bispo defende é muito mais "bíblica" que a Trindade dos Adventistas. --- "O Pai é maior que o Filho", afirma o Bispo, sem medo de errar !!!







A Lição da Escola Sabatina está enganando você; apresenta Israel escravo na Babilônia, como "um Lindo rebanho de ovelhas"  !!!


Os pastores de Israel são rejeitados na volta de Cristo, por "pisarem o pasto que as ovelhas comem, e sujarem a água que elas bebem." 

Ezequiel 34:19 --- " Quanto às minhas ovelhas elas pastam o que haveis pisado com os vossos pés, e bebem o que haveis turvado com os vossos pés.


... "as minhas ovelhas andam espalhadas por toda a terra"  (Verso 6) --- não estão congregadas baixo uma sigla religiosa.


Apocalipse 3:16  --- Laudicéia, analogia com vômito. (Rejeição definitiva)

http://www.adventistas.net/exequiel34.htm






            
Neal Wilson e seu filho Ted Wilson: 
          "Arautos do "Evangelho da morte" !!!

O pai Neal Wilson foi o introdutor do ABORTO nos hospitais Adventistas da America do Norte. --- O filho TED continua a obra funesta do pai.


 

                                
 

II Tessalonisenses 2: versos 1, 2 e 3  faz uma dramática advertência sobre uma apostazia que aconteceria logo antes da volta de Cristo. 

"3.  ... não será assim, (o dia de Cristo) sem que antes venha a apostasia."



 

Características da Apostazia:

Obviamente, "apostazia" só pode acontecer em alguma igreja verdadeira.

A advertência é "não mudar".  --- A apostazia consiste numa MUDANÇA do que antes havia sido ensinado. (verso 2)

"... sem que antes que se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição".
"... o qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora, de sorte que se assentará como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus." 
(o papado, e mais claramtente o "Deus Trindade" sendo introduzido na Igreja Adventista)

A Trindade foi votada na Assembléia da Conferência Geral de Dallas, Texas, em 1980 pela aceitação de um LIVRO de mais de 400 páginas, que nunca tinha sido publicado, ou sequer um anúncio de que a doutrina Adventista estava sendo mudada naquele ato. --- uma votação fraudulenta !!!  --- "As 27 Doutrinas da Igreja Adventista" (Livro só foi publicado em inglès 5 anos mais tarde)

No YearBook de 1931 a doutrina da Trindade foi publicada com o aval de 4 administradores, sob um pretexto falso, de que autoridades de paises africanos queriam conhecer a doutrina Adventista. --- o pretexto ignorou a doutrina Aprovada na igreja de Battle Creek em 1894, com mais de 1500 votos, que vinha sendo publicada sem mudança até 1913. (não houve publicação da doutrina no YearBook entre 1913 a 1931)

F.M.Wilcox foi um dos admistradores que aprovou a publicação da Trindade no YearBook de 1931. Como simples Diretor de Publicações, e SEM AUTORIZAÇÃO SUPERIOR, já havia publicado a Doutrina da Trindade na Revista Adventista de 1913. --- a administração da Conferência Geral falhou em não te-lo demitido por publicar uma doutrina católica e estranha na Igreja Adventista. (esse foi o começo da Trindade na Igreja Adventista --- sem falar num folheto de 1892 que transcreveu o artigo de um bispo episcopal do Brooklin referido no Livro da CPB "A Trindade" em que omite maliciosamente as palavras, "Bispo Episcopal")




II Tessalonisenses 2, não está falando da apostazia que aconteceu há 1300 anos na igreja cristã que se instalou em Roma.
Isto é, na igreja Católica Apostólica Romana.

II Tessalonicenses 2 constava nas doutrinas Adventistas até 1980 quando introduziram a doutrina da Trindade, em Dallas, Texas, sob os auspícios do Presidente NEAL WILSON. --- para evitar uma gritante analogia com o que estava acontecemdo na VIDA REAL, esse texto foi retirado das Doutrinas Adventistas.
Sem precisar recorrer a interpretações, abra a sua Bíblia e leia ATENCIOSAMENTE o capítulo inteiro, e conclua por sí mesmo que a profecia diz respeito a entrada da Trindade na Igreja Adventista.  (com preferêmcia a tradução do Padre João Ferreira de Almeida)



II Tessalonicenses 2  --- Tradução João Ferreira de Almeida.

 

1 Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele,

2 Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto.

3 Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição,

4 O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.

5 Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco?

6 E agora vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado.

7 Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora o retém até que do meio seja tirado;

8 E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;

9 A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira,

10 E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem.

11 E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira;

12 Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniqüidade.
............


15  Então, irmãos, estai firmes e retende as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa.


 

 

 



As 2 profecias mais importantes para os nossos dias, não são estudadas e nem entendidas pelos Adventistas: Ezequiel 34 e
II Tessalonisenses 2.

Apocalipse 3:16   "vômito" uma figura de linguagem irreversível. --- Vomitar significa rejeição definitiva !


Ezequiel 34:   No verso 2 os pastores de Israel sendo rejeitados por Deus, e segue-se a história final da terra.
www.adventistas.net/ezequiel34.htm

 

II Tessalonisenses 2,   tirraram fora da Doutrina Adventista em 1980 pois era o retrato fiel do que estava acontecendo na Conferência Geral de Dallas, Texas. --- a última apostasia antes da volta de Cristo.  (abra a sua Bíblia e leia)

 


O Deus da Bíblia sempre se identifica como "EU SOU O DEUS".

A definição das doutrinas 27/28 da Igreja Adventista não significa mera variante, ou revelação do mesmo Deus.--- Estão adorando outro deus, inventado em Roma, usando nomes da Bíblia !!!


"E apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote em Midiã; e levou o rebanho atrás do deserto e veio ao monte de Deus, a Horebe. E apareceu-lhe o Anjo do SENHOR em uma chama de fogo, no meio de uma sarça; e olhou, e eis que a sarça ardia no fogo, e a sarça não se consumia. E Moisés disse: Agora me virarei para lá e verei esta grande visão, porque a sarça não se queima. E, vendo o SENHOR que se virara para lá a ver, bradou Deus a ele do meio da sarça e disse: Moisés! Moisés! E ele disse: Eis-me aqui. E disse: Não te chegues para cá; tira os teus sapatos de teus pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa. Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. E Moisés encobriu o seu rosto, porque temeu olhar para Deus "  (Êxodo, 3.1-6). 

115 anos para os Adventistas descobrirem a identidade do Deus que vinham adorando, e ainda alardeando ser "a única religião verdadeira ???"  (chamam de revelação progressiva)



Me levou 50 anos para concluir que a Bíblia só aponta os que "guardam os Mandamentos de Deus e tem a fé em Jesus", como os que serão salvos.

TRINDADE é uma mera versão do paganismo "grego/romano" com nomes da Bíblia.

O conceito milenar dos judeus, de que DEUS É UM SÒ, era a única diferença entre os descendentes de Jacó escravos no Egito, e os Pioneiros Adventistas do Sétimo-dia.
Em 1980 os Adventistas mudaram, provando que alguma coisa saiu errada na pregação daqueles Pioneiros.
 
A mudança dos Adventistas do Sétimo-dia, do único Deus para um POLITEISMO disfarçado, depois de mais de 100 anos, nos leva a rever o que aconteceu de errado na pregação Adventista !!!

Não estamos fundando uma nova religião !  --- Estamos tentando sair de um buraco que circunstancialmente nos metemos.




Explicando melhor:
Eu não levei 50 anos para descobrir que estava errado ! --- Depois de 50 anos, descobri que estava errado. (Ennis Meier se batizou na Igreja Adventista em 1947 e em 2003 em sua pesquisa nas bibliotecas da Conferência Geral, chegou a duas  conclusões:

1. A Igreja Adventistas em 1980 tendo mudado do Deus Ùnico para a doutrina da Trindade, significou MUDAR DE DEUS. (não uma mera mudança de versão)

2. Sendo o conceito sobre Deus, o FUNDAMENTO de qualquer religião, é fora de discussão que entre 1846 e 1980 havia uma verdade FUNDAMENTAL na Igreja Adventista, e de 1980 até 2020 existe uma outra verdade na Igreja Adventista. (115 anos)

Dizer que "o conheimento de Deus é gradativo", não condiz como quando Deus se apresentou a Moisés na "sarça ardente".  --- Deus se identificou com detalhes para que Moisés não tivesse dúvidas. --- Se alguém apresentar um Deus com outras características, não é o mesmo.

 

Não existem 2 Verdades Fundamentais !!!  --- a pregação que era a única igreja verdadeira, era FALSA antes ou depois de 1980. (ou antes e depois de 1980)

Não seria pelo "sábado", um plano de Deus ao criar a Igreja Adventista. --- Os Batistas do Sétimo dia já existiam 100 anos antes ! --- embora contaminados com o mesmo deus TRINDADE que veio do paganismo.












O Pastor Alejandro Bullón me afirmou pessoalmente, no meio de uma conversa de 15 minutos na Associação Paulista, o seguinte:  (há mais de 30 anos)

--- "As Assembléias da Confência Geral, são ocasiões em que Deus se manifesta diretamente."

Ennis Meier nunca foi a uma Assembléia Geral, embora tenha morado mais de 10 anos a menos de 2 km do prédio da Conferência Geral em Silver Spring.
(1995 a 2005)
Em 1955 morou quase 1 ano na 7509 Carrol Street, em Takoma Park a 5 minutos apé do antigo edifício da Conferência Geral.

Nem por isso acreditei na história do Bullón, e hoje estou absolutamente convencido que não foi NEAL WILSON que orquestrou a votação da Assembléia Geral em 1980, em Dallas, Texas, dizendo que havia uma recomendação de uma das "Comissões de Trabalho" para que se votasse o Livro: "As 27 Doutrinas da Igreja Adventista do Sétimo-dia"

Neal Wilson estava possuido pelo DEMÔNIO, igual como no seu apôio ao ABORTO, um ano antes.

Ninguém na Assembléia Geral de Dallas, Texas, tinha lido o Livro de mais de 400 páginas, e estavam VOTANDO NO ESCURO, como o diabo gosta !!!  (o Livro só foi publicado 5 anos mais tarde, contendo a DOUTRINA DA TRINDADE)




Faz poucos anos houve um presbicíto no Quenia sobre aborto.
A Conferência Geral aconselhou os Adventistas "votarem segundo a sua conciência" !

O filho Ted Wilson raciocina como o pai Neal Wilson, que o aborto seria o único método anti-concepcional disponível.
Que a vida no útero não tem valor e cabe aos Adventistas salvar o mundo da super-população, da fome e dos riscos do aborto clandestino !!!


As estatísticas de aborto nos Hospitais Adventistas nos US diminuiram porque, para fugir à crítica, transferiam os abortos para as clinicas dos hopitais que ficam nos centros comerciais vizinhos.





Você acredita numa maquiavélica manobra para mudar a centenária doutrina Adventista do único Deus, pelo mesmo administrador que defendeu o ABORTO um ano antes como vice-presidente ?



Os judeus jamais foram trinitarianos !!! --- o que é o cristianismo de hoje, senão o judaismo de ontem sem Jesus ?

"Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus." --- João 4:22




 

                                                                             

NEAL WILSON,
Mistificou o seu argumento para não dar tempo para alguém preparar contra-argumentos e organizar uma reação !!!

 

 

                                                                            




No dia 24 de maio de 1979 o Pr. Neal Wilson (Presidente da Conferência Geral na época) publicou na Revista Adventista Americana) uma carta aberta, convocando a igreja, para o que seria a sua preparação para o golpe por ele planejado para um ano mais tarde.
Um Título camuflado para não revelar as suas intenções:
"Justificação pela Fé"

Uma convocação de apenas 2 dias, em que mais de 100 pastores do mundo todo iriam a Washington estudar os pontos difíceis da doutrina Adventista !!!

Imagine que metade não sabia inglês para pedir a refeição no hotel que fica justo em frente à Conferência Geral.  --- o que poderia sair de proveitoso em 2 dias de discussões numa verdadeira "torre de babel"  ???



"Justificação pela Fé"
 

 






 

Nesta carta o presidente Neal Wilson (pai do atual Ted Wilson) convoca membros e líderes da igreja para resolver algo que chamou de “dificuldade em questão teológica” (ver última linha da 1ª página e início da 2ª página).

 

Neal Wilson definiu as “dificuldades teológicas” com o rótulo genérico de “righteousness by faith” (justificação pela fé). Refere-se a uma agitação que deseja acabar, dizendo ser “uma inundação de cassetes, brochuras, livros e documentos, distribuidos através do correio, pelos quais os membros se comunicam, e nunca chegam ao conhecimento da verdade.”

 

Pelo conteúdo da convocação, a comissão que teria apenas dois dias para estudar os chamados “pontos difíceis da doutrina Adventista”, sabia apenas que o assunto genérico seria “justificação pela fé” (righteousness by faith).

 

Neal Wilson termina sua carta de duas páginas dizendo:

 

“Nós hoje apelamos para a igreja, que aceite a nossa proposta, abstendo-se de futuras agitações sobre o assunto da justificação pela fé, enquanto direção e ajuda está sendo preparada pelos líderes espirituais. Nós apelamos para que toda a discussão contensiosa sobre esse assunto seja suspensa até que o comitê representativo da igreja, sob a direção do Espírito Santo, possa oferecer ajuda e direção. Então, como na igreja primitiva, em espírito de unidade e amor possamos seguir para a frente.”

 

Nenhuma menção é feita a mudança para a crença da trindade incluída de forma oficiosa nas Crenças Fundamentais dos Adventistas desde 1931 (fato constato abertamente por George Knight).

 

Perguntamos: Foi este comitê tão representativo quanto o de 1894?

 

Mais tarde foi publicado:


 


1) Dallas 1980

 

Um livro de 450 páginas contendo as 27 doutrinas da igreja foi preparado pela Conferência Geral, e depois de concluído, foi entregue primeiramente a 194 pessoas para fazerem a revisão. Posteriormente o livro foi entregue para 27 pessoas, sendo que cada uma recebeu um capítulo para revisar.

 

É desnecessário comentar que entre as doutrinas apresentadas neste livro estava a doutrina da trindade.

 

Este livro foi preparado com a finalidade de ser apresentado na Assembléia da Conferência Geral para ser definitivamente aprovado, tornando-se desta forma as Crenças Oficiais dos Adventistas do Sétimo Dia.

 

No ano de 1980 numa assembléia da Conferência Geral na cidade de Dallas no estado do Texas, foi finalmente oficializada a doutrina da Trindade.

 

Esta mudança nas doutrinas no ano de 1980 é confirmada no livro “The Trinity” (edição em Inglês):

 

Veja que Neal Wilson rejeitava toda verdade que pudesse vir de membros da igreja.--- teria que vir de um "comitê representativo, sob a direção do Espírito Santo" !!!

A viagem a Washington e o passeio pelos monumentos da Capital dos Estados Unidos, eram uma forma de "comprar o apôio" da administração mundial da igreja, para as mudanças nas doutrinas da igreja que estavam planejadas para o ano seguinte.

É notória a intenção de fazer calar toda oposição aos seus planos, quando por aquelas alturas NEAL WILSON já havia se pronunciado a favor da prática do ABORTO nos hospitais Adventistas dos Estados Unidos. (certamente inspirado pelo anjo das trevas)


NEAL WILSON
prevendo uma revolta dos membros da igreja Adventista, planejou um "estelionato eclesiástico", e a mudança para a Trindade viria na simples aprovação de um livro de doutrinas com mais de 400 páginas, recomendado por uma das comissões de trabalho.
A Assenbléia composta em grande parte de membros de muitas nações, que falam o inglês com dificuldade, levantam a mão olhando para o vizinho, sem saber exatamente o que estão votando. --- foi assim, num "Cavalo de Troia" que entrou a Trindade na Igreja Adventista.

O Livro, "As 27 doutrinas da Igreja Adventista do Sétimo-dia" (mais de 400 páginas) nunca tinha sido publicado antes e ninguém sabia o seu conteudo. --- Em inglês só foi publicado 6 anos mais tarde. A precaução era evitar reações e movimendos contrários ao redor do mundo.

As publicações Adventistas ao redor do mundo estavam proibidas de fazer comenários sobre a mudança.

No Brasil, a Divisão fez no ITA (colégio de Petrópolis) um curso para pastores em que no final tinham que se submeter a exâme de APROVAÇÂO !!!

Distribuiram pastas, cadernos, lapis etc. identificados com o nome do curso e os pastores tiveram que se sujeitar a NOTAS DE APROVAÇÂO das matérias do curso.

Meu pai, Alfredo Meier, era formado em Teologia no Colégio La Plata, (Puigari) na Argentina há mais de 20 anos e Alfredo Meier, junto com o pastor João Katwinkel, foram  REPROVADOS !!! --- Passaram pela vergonha de serem anunciados como tendo falhado no curso, sem lhes ser dado a oportunidade de se defenderem.
Por muito tempo meu pai temeu seu futuro na Obra por conta daquela reprovação, mas era justamente a intenção da administração, de "balançar" aqueles que não assimilaram de pronto os ensinamentos trinitarianos.

Lembro quando meu pai chegou em casa e aborrecido se queixou à minha mãe, que haviam mudado a doutrina Adventista.

Recentemente o Salo Roth me contou que o pai dele, Pastor Ernesto Roth, que fez o teológico na Alemanha, se queixou da mudança da doutrina no curso do ITA.

Lentamente, a doutrina da Trindade foi aparecendo nas revistas Adventistas, até que um dia Ennis Meier chegou para a sua mãe e disse: --- que coisa é essa de Trindade na Revista Adventista ???   --- a mãe meio sem graça disse: --- "... é agora estão dizendo que são três !!!"
 

 






I João 4:1

"Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, porém, avaliai com cuidado se os espíritos procedem de Deus, porquanto muitos falsos profetas têm saído pelo
 mundo."




Para você saber quem foi Ellen White, é necessário consultar os que se opõem à profetisa.
O Centro White defente Ellen White nos mais absurdos e controvertidos pronunciamentos, acostumando os membros da Igreja Adventista a "engolir sapos".

Pregar 5 anos que a 'Porta da Graça tinha fechado em 1844' basta para exclui-la como uma mensageira de Deus.
O interesse da administração foi sempre VENDER LIVROS !!!

O desterro para a Austrália, com a 'desculpa de que ela iria pregar o Evangélio no Novo Continente,' foi uma despulpa para afasta-la do cenário !!! --- A administração da igreja sempre tratou o membros como deficientes mentais.
A verdade é ela ter querido assumir a influência do marido, (recem falecido) não ser tolerada pelos administradores de então.











Observe, "SEM MEDIADOR"

A Bíblia apresenta Jesus como nosso advogado e mediador, e Ellen White diz que seremos julgados sem advogado !!!

Jesus diz: "estarei convosco até a consumação dos séculos", e Ellen White contradiz !!!


Ellen White:
“Os que estiverem vivendo sobre a Terra quando a intercessão de Cristo cessar no santuário celestial, deverão, sem mediador, estar em pé na presença do Deus santo. Suas vestes devem estar imaculadas, o caráter liberto de pecado, pelo sangue da aspersão. Mediante a graça de Deus e seu próprio esforço diligente, devem eles ser vencedores na batalha contra o mal. Enquanto o juízo investigativo prosseguir no Céu, enquanto os pecados dos crentes arrependidos estão sendo removidos do santuário, deve haver uma obra especial de purificação, ou de afastamento de pecado, entre o povo de Deus na Terra. Esta obra é mais claramente apresentada nas mensagens do capítulo 14 de Apocalipse." --- O Grande Conflito pg.425


 

 

Você sabe quem foi Fred Veltman ?


" Eu tenho que admitir para começar, que no meu julgamento esse é o mais sério problema para enfrentar com referência à dependência literária de Ellen White. Isso atinge o coração da sua honestidade, sua integridade e portanto da sua honrradez"
   --- Dr. Fred Veltman 

(Declarações publicadas na revista para pastores Adventistas, Ministry )


FRED VELTMAN PhD.
Professor de Universidade Adventista apontado pela Conferência Geral para pesquisar plágios de outros autores em Livros de Ellen White, especialmente no "Desejado de Todas as Nações".
Durante 10 anos, chegou a ter 10 auxiliares que leram todos os livros da biblioteca particular de Eiieb White.

Anos de 1980 não havia computadores disponíveis, e programas dedicados para constatar material plagiado.

Se comprovou que o Livro Desejado de Todas as Nações foi copiado no todo ou em parte de 23 Livros da Biblioteca particular da profetisa do adventismo.

No Prefácio do Livro Desejado diz que "o cenário da crussificação foram levados até ela em visão".  --- copiou até de um romance de ficção !!!

Dizem que Ellen White nunca sofreu Processo por Plágio, não obstante foi encontrado "Nota Fiscal" de 1000 (hum mil) exemplares de livro de um editor inglês que ela copiou uma gravura no Livro "O Grande Conflito".

(Continua)

 

 





Frequentemente observo o Bispo Macedo, RR Soares e outros neo-pentecostais: Se referem à necessidade de se obedecer a Lei de Deus. --- porém, fogem do texto literal da Lei.

Nunca leem textualmente qualquer dos Mandamentos da Lei. Sempre se referem ao resumo da Lei, na forma abstrata e distante: "amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo."

Billy Graham em 1957 fez uma série de conferências em New York, prometendo tratar cada noite sobre um dos Mandamentos. --- No dia prometido para falar sobre o "Quarto Mandamento", Ennis Meier não perdeu a pregação. (era no antigo 'Madison Square Garden')
                    
O
antigo Madison Square Gardem que ficava na rua 57 era pequeno demais para comportar o grande pregador !!! (18 mil pessoas)  Logo que lotava, fechavam as portas e no início Billy Graham fazia uma breve pregação para os milhares se apinhavam na rua e que não puderam entrar.
Havia um coral de 5 mil componentes em que um pastor Adventista era parte.


As classes de Bíblia do Billy Graham eram num luxuoso Centro de Evangelismo Adventista, nas proximidade do Time Square. (não existe mais)

Os adventistas pensavam que seria a definição e a conversão do admirado pregador para o adventismo !!! --- doce ilusão.

Uma grande decepção:
Billy Graham leu o Mandamento várias vezes na Biblia e onde dizia "o sábado", Billy Graham lia "UM SÁBADO".  (trocando o artigo definido pelo artigo indefinido)
 






Num Livro em que não há originais, mil traduções e paráfrazes, e religiões que pregam que a Lei do Êxodo 20 se resume nas generalidades de "amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a tí mesmo" ; e ainda entender que Jesus com isso mandou esquecer a letra da Lei, o cristianismo virou uma grande BAGUNÇA !!!


Nas incoerências da Bíblia há muita margem para se desculpar.  --- a começar por não haver originais !
Porém, para as burrices de Ellen White, nem no "terceiro mundo" há espaço para tanta ignorância !




Ellen White, em BIOLOGIA NOTA ZERO !!!

Jamais se comprovou cruzamento de homens e animais.




"Mas se houve um pecado acima de outros que apelou para a destruição da raça pelo dilúvio, foi o vil crime de amálgama de homem e animal, que desfigurou a imagem de Deus e causou confusão por toda parte.Dons Espirituais, vol. 3p64, de 1864.


"
Todas as espécies de animais que Deus havia criadoforam preservados na arca. As espécies confusas que Deus não criou, que eram o resultado de amalgamação, foram destruídas pelo dilúvioDesde o dilúvio, tem havido amalgamação de homem e animalcomo pode ser visto nas infinitas variedades de espécies de animais e de certas raças de homens" --- Dons Espirituais, vol. 3, p.75, 
1864.-

(o texto se contradiz)



 

Há Livros de Ellen White a serem proibidos no Brasil, por cultivarem o racismo !!! --- "pastores da raça negra não deveriam assumir postos de comando na organização Adventista", sentencia a Profetiza.



Ellen White insinua a origem da raça negra como produto do  cruzamento de homens e animais !!! --- Urias Smith em folheto, cita exemplos na África e na Patagônia,
apontando  os bosquímanos , hotentotes e patagônios, como exemplos de cruzamentos de homens com aimais, tentando apoiar a profetiza, em sua tese contrária à biologia.     http://mentirabranca.info/

 

 


 Monteiro Lobato
A insinuação racista de Ellen White sobre a origem da raça negra, não vem isolada, havendo outros textos, que por muito menos o escritor brasileiro Monteiro Lobato corre o risco de ter seu livro "Sítio do Pica-Pau Amarelo"  banido das escolas, por ter comparado Tia Anastácia com uma  "MACACA".

Ellen White além de criticar os casamentos entre a raça branca e a raça negra, humilha a sua decendência.
A Bíblia não faz essa restrição, e Deus puniu severamente os que criticaram o casamento de Moisés com uma mulher etíope.
  

(Numeros 12:1 --- "cusita ou cuchita", povo de pele negra que viveu na Etiopia
)


 

 



O folheto de Uriah Smith veio em socorro ao disparate da Biologia que agitava as igrejas adventistas, pela insinuação de Ellen White.
Se Uriah Smith tivesse interpretado erradamente o que Ellen White escreveu, em  47 anos Ellen White teria esclarecido.

Para explicar Ellen White, Uriah Smith mencionou pigmeus da África, e tribos indígenas da Patagónia, confirmando que seriam o resultado de cruzamentos de homens e animais.
A intenção de Uriah Smith ao escrever o panfleto, era acalmar os comentários racistas que circulavam nas igrejas Adventistas, insinuados por Ellen White, de que os homens da raça negra foram o resultado do cruzamento de homens e animais.


CLIQUE para ler uma tradução Google do folheto.


http://www.truthorfables.com/Amalgamation.htm (em inglês)



 



 




                          


Ninguém mais ridicularizou quem crê na volta de Cristo, do que

um profeta falso chamado Guilherme Miller, hoje na galeria dos pioneiros adventistas do Centro White:



Guilherme (William) Miller entrou na lista dos pioneiros Adventistas !!!  --- apenas por ser palestrante, antes de morrer em 1849 onde estavam presentes alguns dos pioneiros, quando reconheceu o seu erro ao contrariar Jesus sobre a data da sua volta.
Os que não se humilharam voltando para as suas igrejas, abandonaram a fé, no maior escândalo religioso na história dos Estados Unidos.

Vinte anos após estabelecida a Igreja Adventista, James White escreveu um livro justificando os erros do Falso Profeta !
Ellen White confirmou a data 1844, mas que "o engano de Miller foi se tratar do início do Juizo Investigativo".



Ellen (Harmon, nome de solteira) expulsa de uma dissidência metodista fanática, por acampar com o bando de Guilherme Miller. --- Ela mesma escreveu sobre a advertência polícial, por suas orações aos gritos na madrugada.

Após o escândalo do profeta falso Miller, juntamente com o namorado James White, passaram a ser seguidores do pregador arruaceiro, Israel Dammon, muitas vezes preso e condenado por perturbação da ordem pública, --- Onde Ellen (Harmon) teve a sua primeira visão da (Porta Fechada) relatada em carta ao Comandante Bates.
Cinco anos pregou que a Porta da Graça tinha sido fechada em 1844, antes de convence-la à maior discreção e tornar-se a santa da Igreja Andentista ! --- quando o marido James, (3 vezes Presidente da Igreja) morreu em 1880, Ellen White foi enviada para a Austrália, logo alí do outro lado do mundo, para parar de perturbar !!! --- histórias que eram completamente desconhecidas, quando Ennis Meier se batizou em 1947 na Igreja Adventista, onde seu pai era Pastor.

Não foi por acaso que descobrí, que durante 50 anos eu seguía uma igreja que não tinham certeza qual Deus adoravam, e depois de mais de 100 anos, mudaram para o mesmo  "Deus Trindade" que vinham criticando. --- Antes, chegaram a publicar na Revista Adventista que "a Trindade era uma doutrina de demônios" !!!


Você, adventista com menos de 30 anos na igreja, não vai passar pela mesma experiência que eu passei: --- chegar a conclusão de estar seguindo um bando de vigaristas !!! --- Ellen White pode ter mudado de idéia, segundo os teólogos da Andrews University, mas a Bíblia não mudou: Há um só Deus !!!

Ennis Meier nunca abandonou a fé Adventista, no Deus Único, a guarda da Lei, incluindo o sábado, mas não acredita na organização que ainda tolera o aborto em seus hospitais nos Estados Unidos.

 

http://www.sdanet.org/atissue/trinity/moon/moon-trinity2.htm

 http://www.centrowhite.org.br/pesquisa/artigos/ellen-g-white-e-a-compreensao-da-trindade/


 

 





Dízimo ??? não se deixe enganar !
Hebreus 7 diz que dízimo é ZERO POR CENTO. --- "ofertas voluntárias" exclusivamente.


Ab-rogação:
É a revogação total de uma lei pela edição de uma nova. Lê-se lei em sentido amplo, abrangendo os decretos e demais regulamentos que também poderão sofrer ab-rogação. É também considerado o ato de tornar nulo ou sem efeito a norma jurídica anterior.


O capítulo inteiro é uma retórica sobre o dízimo. --- Isto é, uma histórico entre o velho e o novo.


Hebreus 7 

1 Porque este Melquisedeque, que era rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou;

2 A quem também Abraão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz;

3 Sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote para sempre.

4 Considerai, pois, quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos.

5 E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.

6 Mas aquele, cuja genealogia não é contada entre eles, tomou dízimos de Abraão, e abençoou o que tinha as promessas.

7 Ora, sem contradição alguma, o menor é abençoado pelo maior.

8 E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive.

9 E, por assim dizer, por meio de Abraão, até Levi, que recebe dízimos, pagou dízimos.

10 Porque ainda ele estava nos lombos de seu pai quando Melquisedeque lhe saiu ao encontro.

11 De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão?

12 Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei.

13 Porque aquele de quem estas coisas se dizem pertence a outra tribo, da qual ninguém serviu ao altar,

14 Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio.

15 E muito mais manifesto é ainda, se à semelhança de Melquisedeque se levantar outro sacerdote,

16 Que não foi feito segundo a lei do mandamento carnal, mas segundo a virtude da vida incorruptível.

17 Porque ele assim testifica: Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque.

18 Porque o precedente mandamento é abrogado por causa da sua fraqueza e inutilidade

19 (Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou) e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus.

20 E visto como não é sem prestar juramento (porque certamente aqueles, sem juramento, foram feitos sacerdotes,

21 Mas este com juramento por aquele que lhe disse: Jurou o Senhor, e não se arrependerá; Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque,

22 De tanto melhor aliança Jesus foi feito fiador.

23 E, na verdade, aqueles foram feitos sacerdotes em grande número, porque pela morte foram impedidos de permanecer,

24 Mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo.

25 Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.

26 Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus;

27 Que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo.

28 Porque a lei de Moisés escolheu homens imperfeitos para serem grandes sacerdotes, Deus escolhe o Filho que se tornou perfeito para sempre.


 

 

 


ELLEN WHITE diz que não devemos orar pelos doentes que não pagam o dízimo !!!

HEBREUS 7 nos ensina que o dízimo, igual a todas as Leis cerimoniais, foi extinto com a mudança do sacerdócio.

O dízimo foi instituido pelo sacerdócio de Arão, e abolido pelo sacedócio de Jesus. --- quem disser que se não pagar o dízimo está roubando a Deus, está mentindo, pois tudo foi pago por Jesus, não devemos 1 centavo pela salvação !!!


Jesus era da tribo de Judá, da Ordem de Melquizedeque, e os sacerdotes eram da tribo de Leví, da ordem de Arão.

Hebreus 7:
"
(João F. Almeida Atualizada)(

(Testemunhos não Publicados". (mais de 100 anos após a sua morte)
 

"Pois quando há mudança de sacerdócio, é necessário que haja mudança de lei." ---  Hebreus 7:12


(o assunto tratado era o Dízimo, segundo a ordem de Arão)

"A ordenança anterior é revogada, porquanto era fraca e inútil"--- Hebreus 7:18
 





A organização Adventista sempre negou que houvesse "TESTEMUNHOS" que nunca foram publicados, pelos absurdos nele contidos:


 

 

 
 



 

Acesse pelo ww "Healthful Living (1897, 1898), page 237, paragraph 4."

O Título do Parágrafo está na página anterior (page 236)   "Oração pelos Doentes"

  Chapter 35 ---Prayer for the Sink  


Tradução do parágrafo 1021 :   - Nós primeiro devemos ficar sabendo se o doente tem retido dizimo, ou tem criado problemas na igreja  --- Unpublished Testimonies  (Testemunhos não publicados)

V

 

 

 



G=
Hebreus 7: "Testemunhos não Publicados". (mais de 100 anos após a sua morte)
 

"Pois quando há mudança de sacerdócio, é necessário que haja mudança de lei." ---  Hebreus 7:12
 

"A ordenança anterior é revogada, porquanto era fraca e inútil"--- Hebreus 7:18


O capítulo inteiro é uma retórica sobre o dízimo, que começou bem antes do povo de Israel.


 

O foco do capítulo de Hebreus 7, é a mudança do sacerdócio, dos Levitas (sacerdócio de Arão) para o sacerdócio de Judá. (sacerdócio de Melquizedeque --- sacerdócio de Jesus)

Apresenta Jesus da tribo de Judá como o sacrifício perfeito, pois não tinha pecados. --- não acontecia como os sacerdotes dos Levitas que primeiro tinham que oferecer pelos próprios  pecados, e depois pelos pecados do povo. --- Jesus não tinha pecados, pelos quais sacrificar.

São 22 textos que falam sobre o dízimo e os pastores só mostram os textos que apontam os sacerdotes como os beneficiários; onde ficam o textos em que o dízimo se destinava também ao pobres, ás viuvas, aos estrangeiros, e a todo o povo ???

O argumento dos pastores, é que eram muitos dízimos !!! (todos foram extintos e só sobrou o dízimo dos pastores !!!)