Fabio Henrique Amaro de Lima


Era início do ano 2001 quando o irmão me enviou um CD com muitos arquivos com estudos e documentos originais e fotos.

Eu já estava estudando sobre o tema Trindade e não encontrava embasamento bíblico para justificar tal crença. Como Ancião e Evangelista da IASD em NatalRN, me sentiu em falta com Deus até que resolvi entregar todos os meus cargos e funções eclesiásticas e me justificar ao Pastor local a motivação de minha decisão - não compreender, aceitar ou pregar sobre a trindade.

Esse Pastor foi transferido às pressas do Distrito e nomeado outro jovem pastor, recém formado e capelão da Escola Adventista, para seu lugar, com a missão exclusiva de executar a minha eliminação do rol de membros da IASD. Este jovem pastor contou com a ajuda de um outro jovem formado, com especialização em divindade por um mosteiro católico no Bairro do Bom Pastor, NatalRN.

Antes do dia D, da minha eliminação, a Missão Nordeste, órgão da IASD que congregava os departamentais para os Estados RN e PB (Rio Grande do Norte e Paraíba), marcaram 13 sextas-feiras na congregação adventista onde havia sido Ancião para falar em defesa da trindade. Foi um trimestre inteiro só sobre este tema. Mas, havia chegado aquela sexta-feira onde todos os anciãos do distrito que congregava 7 igrejas e vários pastores departamentais da MN foram convidados para votar a minha eliminação, sem eles e eu saber.

No dia D, após a apresentação do repetitivo e cansativo tema, o jovem estudante do mosteiro católico, tomou o microfone e liderança de todo o processo para eliminação, mesmo estando presente o presidente da MN e outras autoridades ASD, e direcionou a palavra para minha pessoa dizendo que eu teria 5 minutos para minha defesa, causando espanto em todos os presentes, inclusive a minha família inteira e igreja que até aquele momento não sabiam de nada sobre minhas crenças e a motivação da minha decisão de entregar todos os cargos. Me levantei e falei Durante 13 noites foram pregados sobre a trindade, com estudos que duravam cerca de uma hora e eu teria apenas minutos para explicar O presidente da MN se levantou transtornado e disse que ali não havia nenhum desocupado para ficar até meia noite me ouvindo, até porque muitos pastores que ali estavam iriam viajar para outras cidades, no sábado cedinho para pregar... Me sentei e fiquei quieto. O Jovem Católico, disfarçado de ASD tomou a palavra novamente, como se fosse superior ao presidente da MN, numa atitude incomum, para muita gente que até não compreendeu direito o que ocorreu ali, e se dirigiu a mim novamente com as seguintes palavras Irmão Fábio, por favor faça as suas considerações. Sei que o irmão é uma pessoa sensata e muito coerente. Com essa quase bajulação fiquei de pé novamente e exclamei Durante mais de 5 anos fui Ancião nesta igreja e nunca trouxe para a comissão da igreja qualquer tipo assunto para disciplinar ou eliminar qualquer irmão que seja. Os problemas que aqui surgiram resolvia indo na casa dos irmãos orando e buscando soluções sem expor as pessoas e a igreja a escândalos. Quem aqui dos pastores e anciãos tem coragem de levantar a mão para votar minha eliminação sem conversar comigo, primeiramente e me sentei. Houve um certo tumulto, mas não foi votada a minha eliminação porque a igreja e os anciãos pressionaram a MN. Para evitar problemas maiores não fizeram a exclusão.

Depois deste dia não tive mais sossego. A minha vida passou a ser uma verdadeira perturbação com o jovem pastor buscando qualquer motivo para me excluir, até que a igreja pressionou-o para que me desse a chance de me explicar para toda a igreja. Depois de muita insistência e meu silêncio sepulcral, me deram 2 horas num domingo à tarde.

No domingo das 14 até as 16h falamos todas as mentiras por trás da trindade, mudanças da IASD, a verdade Bíblica sobre a Divindade, etc... Depois da nossa explanação, quando o pastor foi votar a minha eliminação a liderança da igreja local em peso, cerca de 90% estava do meu lado e
foram eliminadas comigo cerca de 76 pessoas, a maioria líderes, outro ancião; diretor de Escola Sabatina, Jovens, Ministério Pessoal, Música, Dorcas, Ministério da Mulher, Diáconos e diaconisas, Tesoureira, Secretaria....

Desde então, proibidos de entrar na IASD fomos forçados a congregarmos isoladamente. Passaram a nos chamar de Adventistas Unitarianos e assim ficou.

Hoje, temos vários grupos e igrejas. A presença desta verdade presente está em várias cidades do Nordeste e do Brasil NatalRN; BrejinhoRN; ApodiRN; São MiguelRN; Felipe GuerraRN; João PessoaPB; Campina GrandePB; PirpiritubaPB; RecifePE; PetrolinaPE; CaruaruPE; JuazeiroBA; Casa NovaBA..... Somos muitos e não conseguimos enxergar a fronteira do alcance dessa mensagem. Deus é bondoso conosco e tem nos ajudado em tudo.


Temos alguns canais na net

http: www.adventistasunitarianos.com

http:  www.facebook.comAdventistasUnitarianos

http: www.facebook.comTV-Unitariana-238984969863441

http:  www.facebook.comTrombetaUnitarista




Quanto a questão das crenças, em resumo

1. Cremos que o único Deus que a Bíblia descreve é somente o Pai;

2. Jesus Cristo é o Filho de Deus, divino, mas não é Deus;

3. A Bíblia é única regra de fé e prática - Sola Scriptura. Os escritos de EGW não usamos, mas aceitamos tudo o que ela escreveu que esteja em harmonia com a Bíblia;

4. A doutrina do Dízimo não é mais vigente para nós. A liberalidade é estimulada;

5. Lei de Deus e o santo sábado;

6. Justificação pela fé e salvação pela graça;

7. Batismo em nome de Jesus...

Rejeitamos todos os pontos de vistas, que não são doutrinas e que não exista um claro ASSIM DIZ O SENHOR, doutrinariamente. Neste caso os irmãos podem ter seu ponto de vista e respeitar o do próximo e com isso temos vivido em harmonia e unanimidade.

Não conhecemos no Brasil outro grupo que esteja tão coeso quanto nós.

Enfrentamos muitas turbulências doutrinárias, mas ninguém se perdeu Movimentos judaizantes em torno do tema NOME DE DEUS; NOME DE JESUS EM HEBRAICOARAMAICO; SÁBADO LUNAR; FESTA JUDAICAS; CASAMENTO E DIVÓRCIO; 144 MIL SER LITERAL OU SIMBÓLICO; JUÍZO INVESTIGATIVO....

É difícil resumir, mas está aí um pouco de nossa experiência.

Grande abraço meu irmão.




Nosso Comentário:
Não sabemos em que a administração se fundamentou para excluir da igreja essas 76 pessoas.

Porém, só por não crer na Trindade, é contra a Constituição do Brasil.

O Diretor dos Arquivos da Conferência Geral,  (Bert Haloviak) afirmou ao Ennis Meier, que nos Estados Unidos não se cortam membros por crer, ou não crer na Trindade, ou em Ellen White.

Igual como no Brasil a Constituição Americana proibe punir alguém pelo que crê, ou deixa de crer.
Acontece que nos US quem desobedece a Constituição vai para a cadeia !  --- No Brasil não se respeita a Constituição.

Obviamente, ninguém pode doutrinar alguém, contra a Igreja Adventista, dentro de uma igreja Adventista.  ---- Porém, na rua ou na Internet, todos estão livres para expressar o que pensam.


Quanto as doutrinas, estão corretas: Quem quizer ler ou acreditar em Ellen White, esteja livre.
Porém,  deve-se mostrar claramente o que ela contradiz à Bíblia.

NOME DE DEUS; NOME DE JESUS EM HEBRAICO ARAMAICO; SÁBADO LUNAR; FESTA JUDAICAS; CASAMENTO E DIVÓRCIO; 144 MIL SER LITERAL OU SIMBÓLICO; não são questões doutrinárias e deve-se evitar discutir.

O JUÍZO INVESTIGATIVO é invenção de Ellen White, pelo menos para os justos.

A questão do SÁBADO é IMPORTANTE,  pois trata-se de OBEDIÊNCIA. --- os protestantes alegando  que Jesus resuscitou no domingo, estão justificando Caim ao oferecer o que Deus não pediu.